LISBOACON 2013 - Rescaldo

Retrato de grupo_lisboa

E como um belo amor, foi bom enquanto durou, mas acabou a LISBOACON 2013. Obrigado a todos os que participaram e aos que tornaram possível este evento.

Agora é altura de nos dizerem o que acharam do evento, darem sugestões, contarem o que mais vos marcou, partilharem histórias curiosas decorridas durante o evento...
 

O que se jogou na LisboaCon:

Hive (x63)
Crokinole (x60)
Riff Raff (x55)
Kamisado (x43)
Tsuro (x38)
Blokus (x36)
Dixit (x36)
Okiya (x34)
Spot It! (x34)
Carrom (x30)
Ribbit (x26)
Kippit (x21)
Perplexus (x20)
Samurai (x20)
Ingenious (x18)
Cinco (x17)
Pow Wow (x15)
Can't Stop (x14)
Minotaurus (x13)
The Hobbit (x12)
Tantrix (x11)
Dominion (x9)
KIPP X (x9)
Cartagena (x8)
Rotaris (x8)
Diamant (x7)
Keltis (x7)
Stone Age (x6)
Suburbia (x6)
7 Wonders (x5)
Loot (x5)
Pit (x5)
Revolver (x5)
Seasons (x5)
Taluva (x5)
Chinatown (x4)
Coda (x4)
Colorpop (x4)
For Sale (x4)
Handy (x4)
Mr. Jack (x4)
Village (x4)
Finito! (x3)
FITS (x3)
Pyramid (x3)
Cyclades (x2)
Finca (x2)
Igloo Pop (x2)
Marrakech (x2)
Qwirkle (x2)
Vintage (x2)
Yomi (x2)
Yspahan (x2)

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Tens agora a palavra!

Tens agora a palavra!

Começo eu

Estive quase sempre ocupado com a secção de rpgs, este ano não houve jogos de tabuleiro. Pelo nosso lado, as coisas correram muito bem.

Quanto ao resto, parece-me que tudo correu igualmente bem. Apenas algumas observações muito superficiais:

Pareceu-me que houve menos gente do que em 2010. Menos gente não é necessariamente pior, note-se.

Por outro lado, fiquei com a impressão de que houve muito mais crianças e jovens, quase sempre em família. O que é ótimo para a divulgação do hóbi, pois deixa de ser o circuito fechado dos já confirmados. Estou certo ou ando a ver coisas?

Foi bom a cena das palestras (sou avesso ao crioulo anglo-português). Infelizmente só pude estara mesmo no fim mas é algo que merece continuar e expandir.

Pelo nosso lado (rpgs), ficámos muito melhor cá fora, e com o apoio da sala do 1º andar, foi possível ter simultaneamente maior exposição e mais privacidade para os grupos de jogo.

Sérgio

Tenho alguma curiosidade em

Tenho alguma curiosidade em saber que jogos foram jogados e em que quantidades, para ter uma noção do que os não-gamers quiseram experimentar...

estatisiticas

Depois logo será disponibilizado de uma forma mais bonita.... (e provavelmente reconfirmado)

Total

Foram 1266 partidas!

Ainda não fiz uma análise cuidada mas pareceu-me à primeira vista que os fillers foram realmente reis e senhores.

Jogos como o Terra Mystica, Robinson Crusue, Vinhos, CO2, Ora et Labora entre muitos outros nem foram às mesas. Houve no entanto lugar para 1817, A Game of Thrones, Age of Empires III, Clash of Cultures, Le Havre, Order of the Stick Adventure Game, Eclipse, etc..

Mais para o fim do mês conto fazer algumas estatisticas mais engraçadas.

O importante é que quem foi se tenha divertido e, em especial para os que apareceram pela primeira vez num dos nossos eventos, tenha ficado com vontade de regressar!

Muito bom...

Mais uma vez, muito bom.

Foi um excelente fim-de-semana.

Em termos de jogos o excelente Android: Netrunner, múltiplas rondas do incontornável Crokinole, um belo Taj Mahal em que fiquei em segundo por um único ponto, um King of Tokyo onde ser o explicador não impediu que fosse o primeiro a ser eliminado, um longo mas agradável Clash of Cultures com malta do melhor, um bom bocado a brincar com o Weykick e uma boa surpresa no Rotaris que joguei duas vezes com muito agradável companhia para fechar a noite de sábado.

Domingo começou com um Can't Stop que já sabia ir perder (a minha relação com os dados é diametralmente oposta à do Valentim) mas que compensei com três vitórias consecutivas no Crokinole, outra no Kamisado e duas no Colorpop. Este foi uma surpresa engraçada e ao mesmo tempo uma certa dose de frustração pois a ideia de fazer um Bubblebreaker em formato de tabuleiro já me tinha passado pela cabeça. Depois de almoço os dois bombeiros do Porto ajudar os de Lisboa a apagar um fogo e salvar sete vítimas no Flash Point: Fire Rescue. Mais um Netrunner e um pouco de Crokinole para acabar.

Sim, o meu dedo indicador direito está ressentir-se de tanto piparote!

De resto, bom ambiente, uma participação muito interessante também em termos numéricos, a comida bastante aceitável a um preço adequado e servida com muita simpatia. Tive pena de não assistir às Talks que acho terem sido uma boa ideia. Foi pena não terem divulgado mais cedo... Fico a aguardar pelos vídeos.

Gostei especialmente de rever a malta daí e de ter mais esta oportunidade de partilhar conversa, jogatina e bons jogos com todos vocês.

Balanço muito positivo, portanto.

Ficam os parabéns à organização e um profundo agradecimento pelo belíssimo trabalho que fizeram.

Obrigado e até à próxima LisboaCon!

-

Gamer profile

Taj Mahal

Eh eh!

 

Pedro, lembro-me bem desse Taj Mahal que apelidaste de “belo”. Conseguiste um segundo lugar numa mesa cheia, onde eras o forasteiro, já que todos os outros são membros do GBGSetúbal; se bem que o único que já tinha jogado fora eu (há uns anos e já na “memória esquecida”), o que se notou no resultado final, pois guardara uma mão monocolor que fez toda a diferença.

 

Em meu nome, do Nuno Cruz, do Jorge Tomé e do André, um muito obrigado pela disponibilidade para explicar, gerir e jogares connosco essa obra de arte do mestre Knizia. Foi um dos melhores momentos da LisboaCon 2013…

Ricardo Jorge Gomes

Hehe...

Nada a agradecer. Foi muito bom voltar a este jogo e a companhia foi do melhor.

-

Gamer profile

Con...

Quanto à Con, não sei, mas aquela mesa do canto na sala 2... ui, é mitica, tanto sabado como domingo, como na edição da Con em 2010.

Para mim a Con é aquele canto.

-----

mesa do canto

BrainStorm escreveu:
Quanto à Con, não sei, mas aquela mesa do canto na sala 2... ui, é mitica, tanto sabado como domingo, como na edição da Con em 2010.

Para mim a Con é aquele canto.

Acho que aquele canto a que te referes é também da edição do HIS em 2011, não? Em 2010 terás estado também nessa mesa?

tmgd escreveu: BrainStorm

tmgd escreveu:
BrainStorm escreveu:
Quanto à Con, não sei, mas aquela mesa do canto na sala 2... ui, é mitica, tanto sabado como domingo, como na edição da Con em 2010.

Para mim a Con é aquele canto.

Acho que aquele canto a que te referes é também da edição do HIS em 2011, não? Em 2010 terás estado também nessa mesa?

Não houve edição de 2011, por isso mantenho o que disse :P

-----

Será que ainda estamos em 2012??? :)

BrainStorm escreveu:

Não houve edição de 2011, por isso mantenho o que disse :P

Coff... coff... :)

1ª LisboaCON - 2009 - http://www.abreojogo.com/2009/11/lisboacon_2009_21_e_22_de_novembro_informacoes_sobre_evento

2ª LisboaCON - 2010 - http://www.abreojogo.com/node/7951

3ª LisboaCON - 2011 - http://www.abreojogo.com/lisboacon2011

4ª LisboaCON - 2013 - http://www.abreojogo.com/lisboacon2013

 

Stormrover (a.k.a. Nuno)


Last played:

stormrover

stormrover escreveu:
BrainStorm escreveu:

Não houve edição de 2011, por isso mantenho o que disse :P

Coff... coff... :)

1ª LisboaCON - 2009 - http://www.abreojogo.com/2009/11/lisboacon_2009_21_e_22_de_novembro_informacoes_sobre_evento

2ª LisboaCON - 2010 - http://www.abreojogo.com/node/7951

3ª LisboaCON - 2011 - http://www.abreojogo.com/lisboacon2011

4ª LisboaCON - 2013 - http://www.abreojogo.com/lisboacon2013

Esquece... o rapaz está todo queimado fighting

-----

Mais perto da janela :)

tmgd escreveu:
Em 2010 terás estado também nessa mesa?

Aparentemente não

 

Stormrover (a.k.a. Nuno)


Last played:

Parabéns

Em primeiro lugar um grande obrigado a todos os que tornaram este evento possível - Grupo de Lisboa, voluntários, patrocionadores e todos os participantes. 

O que mais me surpreendeu foi a quantidade de caras desconhecidas! No Domingo quando entrei na sala 2 por curiosidade dei uma volta pelas mesas e não conhecia ninguém de uma sala completamente lotada ... considerando que já tenho alguns anos de grupo e costumo ir a algumas Cons é com agrado que vejo tantas caras novas! Representa seguramente muito trabalho de divulgação que tem vindo a ser feito por muitos de vós.

Apesar de não ter assistido às talks, pelo que fui perguntando, correram bem e foram sem dúvida um ponto diferenciador pela positiva desta Con. 

Quanto aos jogos propriamente ditos foram quase 12 horas a roer um 1817 com 1 hora de leilão de privates para o lixo que foi depois repetido rapidamente na rua enquanto se queimavam uns cigarros o que não deixou de causar estranheza a quem por ali passou ... dada a encarnação da figura do Priority Deal(er)! Com um almoço e um jantar pelo meio e uns quantos dedos de conversa lá se foi jogando e no final penso que toda a gente se divertiu e não deu pelo tempo passar.

O resto da noite foi passado num mini turno na ludoteca onde conheci o Rotaris e joguei um Sushi do Knizia.

O Domingo foi visitar de médico para experimentar o Creatonary com a minha filha mais velha e recolher os jogos da ludoteca, mas o ambiente era idêntico ao de Sábado ... LisboaCon pelas costuras!

Valeu malta! Um bem haja e até para o ano!

Abraços

A inocência de se ser criança!

Boas!

 

Como pai serei sempre suspeito, todavia, creio que o momento mais original desta LisboaCon foi a menina de 5 anos que venceu a eliminatória de um dos torneios oficiais, o de Minotauros, qualificou-se para a final e abalou a correr, ter com o pai à outra sala, dizendo que queria ir jogar ao Riff Raff.

Quando a senhora da organização (muito simpática e que foi atrás dela, num bonito gesto) lhe perguntou se não ia jogar a final, ela disse-lhe que não, que não queria jogar mais aquele jogo!

Ai como é bom ser criança; tanta despreocupação, tanto sonho, que quotidiano sem pressões nem interesses…

 

Seja como for: Parabéns filhota!!! Qualquer dia ganhas Catan ao pai…

 

Assim, não admira que alguém cante, “se eu voltasse atrás, por minha vontade, trocava alguns anos desta vida, por um só dia na tua idade…”

Ricardo Jorge Gomes

Realmente Ricardo é um

Realmente Ricardo é um momento interessante ao qual não assisti!

Quanto à Lisboa Con penso que estava bem organizada e funcional. Um ponto positivo para a iniciativa das Talks, que dão uma dimensão teórica à cena gaming, naquela que é a maior Con do país. No fundo, não há nada de contraditório, pois todos os geeks são teóricos: passamos mais tempo a analisar e discutir a dinâmica e o equilíbrio do jogo do que a jogá-lo!

Jogos muitos interessantes disponíveis em permanência: os de madeira lá do fundo e o riff raff, crokinole entre outros. São excelentes para abrir o apetite dos visitantes!

2 ludotecas (uma completa) e outra para fazer circular jogos eficazmente pelas mesas. Foi onde estive a maior parte do tempo e a maioria dos jogos ali requisitados não entram para a contagem do Tiago (pelo menos eu muitas vezes fiz ali umas requisições sem registo, para não deixar as pessoas à espera).

Gostei de ver o RPG bem representado e com muita afluência, pois também merecem crescer.

Gostei de ver as caras amigas, as pessoas que me cumprimentam e não sei quem são (provavelmente de outras Con's ou da última Lisboa Con). Gostei de ver caras desconhecidas a jogarem confortavelmente jogos pesados ou longos, pois é sinal que há muito boardgaming caseiro em Portugal, e que só saem para as Con's. Isso é bom, haja mercado e gente a divertir-se!

Foi um grande evento, e penso que estava mais assistido do que a anterior. Muita gente no sábado!


«Não há homens mais felizes do que aqueles que inventam jogos» - adaptado de Leibniz

Área de Explicações

Immaterial escreveu:
(...) a maioria dos jogos ali requisitados não entram para a contagem do Tiago (...)

Foi feito um registo "aproximado" da zona das explicações que já está incluida na listagem acima fornecida pelo Tiago

(assim como dos gigantes)

 

Stormrover (a.k.a. Nuno)


Last played:

nº de participantes

 Foi hoje dito na gravação de um programa da RTP Internacional que estiveram presentes aí uns 5000 participantes na LisboaCon.

 Este número confirma-se ou é ainda foi maior? devil

 Não foi ninguém da organização que referiu este número...

oi?

em que programa foi isso?

 

Stormrover (a.k.a. Nuno)


Last played:

Foi um engano

 ele depois viu isso, mas já estava dito e não deu para voltar atrás. E depois eu e o Mallgur falamos em 200 pessoas no Porto...

 É um programa da RTP Internacional que em princípio dará dia 22 de Março.

 Este ano não deu para ir mesmo há LisboaCon, já houve gente que me falou em mais gente e outros em menos pessoas. Mas principalmente que os dias não foram tão típicos como costumam ser nas Cons.

 A minha previsão do ano anterior era inferior aos 1000, mas é impossível ter uma ideia de quanta gente diferente passa por lá até porque os gamers passam lá muito tempo...

 E se até em manifestações os valores estimados são tão diferentes, quando ainda por cima existe um momento em que as pessoas estão todas juntas...

A sensação...

.... que eu tive este ano foi que o pico no sábado não foi tão acentuado... ou seja a afluencia começou mais cedo e acabou mais tarde...

Era 1 da manhã e ainda se viam muitas caras desconhecidas na sala

 

Stormrover (a.k.a. Nuno)


Last played:

Estimativas

stormrover escreveu:
.... que eu tive este ano foi que o pico no sábado não foi tão acentuado... ou seja a afluencia começou mais cedo e acabou mais tarde...

Era 1 da manhã e ainda se viam muitas caras desconhecidas na sala

Estimativas valem o que valem, mas eu creio que este ano esteve mais gente. A diferença foi que no ano passado apenas havia o espaço das duas salas grandes mais a sala dos RPGs. Este ano, para além das duas salas grandes, tivemos vários espaços que no ano passado não se puderam utilizar e onde estiveram os RPGs, torneios e muita gente a jogar (refiro-me aquele espaço do lado esquerdo que vai desde o bar até ao final onde creio estiveram por diversas vezes bem mais do que 50 pessoas e ainda às salas do piso de cima onde nunca cheguei a ir e não sei dizer como estiveram).

Para além disto, houve muitaaaa gente que não era gamer a ficar até às 3h da manhã de sábado. Prova disso é o elevado número de requisições de jogos da ludoteca que foram sendo feitos constantemente. Para terem uma ideia dos números da ludoteca:

- Entre 21h - 22h - 16 requisições (uma a cada 4 minutos)

- Entre 22h - 23h - 30 requisições (uma a cada 2 minutos)

- Entre 23h - 0h - 20 requisições (uma a cada 3 minutos)

- Entre   0h - 1h - 20 requisições (uma a cada 3 minutos)

- Entre   1h - 2h - 15 requisições (uma a cada 4 minutos)

- Entre   2h - 2h30m - 2 requisições

Ah! E foram devolvidos 21 jogos desde a 2h até às 3h da manhã! surprise

Party Games

Sem falar de um grupo de 5 non-gamers que eu fiquei a ensinar vários Party Games atè às 3h da manhã, o ultimo jogo requisitado por eles foi o Dixit, mas depois disso ainda se jogou o Pow Wow, Diamants, Rhytm & Bullet(sp?),  Pit, Jungle Speed, entre outros que não me recordo que não ficaram registados, para acabar a noite ainda acabaram com uma partida no Blokus Gigante. Vários jogos que demonstrei na zona de explicações tambem não ficaram registados, como Exploradores(Lost Cities), Blue Lion, Battle Line, Cartagena, Kamisado, Okiya, etc, e sem contar com a quantidade de vezes que meti pessoas a jogar o Tantrix gigante.

Embora não tenham ficado registados, é possivel que esses nºs estejam incluidos na estimativa do Stormrover.

~Nuno Carreira / Strilar (* Boardgamer * Roleplaygamer * Cardgamer * Onlinegamer * Geek * L5R GM *)

Estão

Strilar escreveu:
Embora não tenham ficado registados, é possivel que esses nºs estejam incluidos na estimativa do Stormrover.

Estão.

 

Stormrover (a.k.a. Nuno)


Last played:

+ estatisticas

... e mais uma curiosidade:

Houve 184 pessoas diferentes a requisitar jogos.

Infelizmente não é possível contabilizar:

- os grupos onde apenas uma pessa requisitou jogos (creio que foi a maioria dos casos);

- a muita gente nova que passou pela AERLIS e não requisitou jogos na ludoteca, tendo apenas jogado os que estavam em exposição;

- e muitos outros que foram apenas ver o ambiente e encontrar-se com amigos;

Pulseirinhas

 Nada como umas boas pulseirinhas há moda do Porto.

 Só estive a picar mesmo para disser isto. devil

 

 Números são o que são e há quem ache importante e outros não. Eu acho importante pois penso que a maioria das Cons esta organizada para atrair novos públicos.

 Mas também sou eu que organizo a Con mais "pequena" de Portugal e sem ser um pouco a desilusão de a malta de Bragança não aparecer, pensoque  o número de pessoas que se desloca a Bragança de propósito para a RuralCon é bastante satisfatório (para mim pelo menos que organizo).

 Já agora as canetas, isqueiros e yo-yos da RuralCon ainda funcionam? Fizeram sucesso?

 Talvez os 5000 gajos sejam apenas aqueles que tentaram lá ir buscar um destes "famosos" brindes... 

joao104 escreveu:  Nada como

joao104 escreveu:
 Nada como umas boas pulseirinhas há moda do Porto.

 Só estive a picar mesmo para disser isto. devil

 

 Números são o que são e há quem ache importante e outros não. Eu acho importante pois penso que a maioria das Cons esta organizada para atrair novos públicos.

 Mas também sou eu que organizo a Con mais "pequena" de Portugal e sem ser um pouco a desilusão de a malta de Bragança não aparecer, pensoque  o número de pessoas que se desloca a Bragança de propósito para a RuralCon é bastante satisfatório (para mim pelo menos que organizo).

Já agora as canetas, isqueiros e yo-yos da RuralCon ainda funcionam? Fizeram sucesso?

Talvez os 5000 gajos sejam apenas aqueles que tentaram lá ir buscar um destes "famosos" brindes... 

Quanto ao número de pessoas de fora, creio mesmo que a mais "pequena" convenção de Portugal deverá ser aquela que largamente mais pessoas de fora da zona tem!!! Porque será? Comida, hospitalidade, tranquilidade, prémios, férias? Creio que será um pouco de tudo!

Isqueiros e canetas não os vi a funcionar mas também não procurei. Mas já os yo-yos foram por diversas vezes vistos a andar para cima e para baixo por diversas pessoas na convenção! yes

Não exageremos

 pelo menos Leiria e Abrantes têm mais gente de fora... Mas penso que o Porto, Aveiro e Lisboa esta ano possam não ter tanta gente de fora

thumbs up...

joao104 escreveu:

 Já agora as canetas, isqueiros e yo-yos da RuralCon ainda funcionam? Fizeram sucesso?

 Talvez os 5000 gajos sejam apenas aqueles que tentaram lá ir buscar um destes "famosos" brindes... 

Era só ver pessoal a brincar com os yo-yos :)

Não fiquei foi com nenhuma caneta frown

 

Stormrover (a.k.a. Nuno)


Last played:

Bragança

 Aparece na RuralCon pode ser que tenha sobrado alguma cheeky

I will hold you to that :P

... sabes bem que quero ir...

 

Stormrover (a.k.a. Nuno)


Last played:

hummm

joao104 escreveu:
 Foi hoje dito na gravação de um programa da RTP Internacional que estiveram presentes aí uns 5000 participantes na LisboaCon.

 Este número confirma-se ou é ainda foi maior? devil

 Não foi ninguém da organização que referiu este número...

Parece-me um numero ALTAMENTE exagerado, mas... eu estive preso a uma mesa :P

-----

Sardinha em lata?! Nem por isso...

De facto, esteve muita gente; contudo, esse número deve referir-se à quantidade de pernas, já incluindo as de frango do almoço de Sábado;)

 

No entanto, em meia dúzia de anos, esses podem muito bem passar a ser os números, mas para isso algumas coisas terão de ser feitas, como divulgação extra nos media e uma maior aposta das editoras internacionais no mercado português, ou das nacionais em editar os jogos que realmente interessam e que dignificam o hobbie, em vez daqueles que lhes dão muito lucro e pouco trabalho…

 

Parabéns LisboaCon, cada vez melhor, cada vez mais perto…

Ricardo Jorge Gomes

joao104 escreveu:  Foi hoje

joao104 escreveu:
 Foi hoje dito na gravação de um programa da RTP Internacional que estiveram presentes aí uns 5000 participantes na LisboaCon.

LisboaCon:

 


Top10:

esses eram os que estavam

esses eram os que estavam para vir. charters deles. mas perderam o voo.

Nuno "Nunesh" Santos

Album

Nunesh escreveu: esses eram

Nunesh escreveu:
esses eram os que estavam para vir. charters deles. mas perderam o voo.

... é o que dá quererm vir à última da hora! Com as greves não se brinca! angel

Analisando

Analisando a foto do Zé Mário com atenção reparo que falta aí a representação na mesa do 18XX do grupo a norte do Mondego fighting

Eheh

Pois... Já não levo na boca dos moiros há uns tempos, é verdade... :)

 


Top10:

Informação

Boa tarde a todos, eu sou novo no mundo dos jogos de tabuleiro e queria saber se alguém me poderia informar de lojas especializadas na zona de Lisboa. Ainda outra informação, onde posso comprar o jogo Bang!

When you have to shoot, shoot! Don't talk!!

27 balázios!

Boas!

Está visto que não foste àquela que serve de tópico para o fórum onde fizeste o post, pois havia lá o jogo na loja, creio que a 27 balázios.

Para a próxima, dispara mais rápido, que desta que nem tiraste do coldre...

Ricardo Jorge Gomes

Bang

Tenho um Bang novo para venda, contacta-me se interessado.

Adicionado o que se jogou na LisboaCon

Adicionado o que se jogou na LisboaCon smiley

Faltam...

os jogos de personagem! Vou falar com o pessoal para se adicionar à lista.

Sérgio

Que grande ...

... paciência Tiago. Mas de qualquer maneira dá uma boa visão do que por lá andou a ser jogado. smiley