o blogue de RedPissLegion

Semana de RPGs - Dezembro 2010

Mais um ano mais uma semana de Roleplay.

Este ano tivemos felizmente a falta de comparência do Sr. João Mendes e da Sra. Ana Carrilho. Digo felizmente porque tiveram à pouco tempo uma filha, a Diana, que os impediu de se deslocarem para fora de Lisboa em Dezembro. Ainda assim decidi pegar nas rédeas deste pequeno evento familiar de RPGs e fazê-lo à mesma (normalmente é sempre o Mendes que trata destas coisas, arranjar as pessoas e a casa).

Tivemos alguns contra-tempos que impediram que se fizessem tantas sessões como de costume, nomeadamente uma greve de controladores aéreos que me prendeu em Madrid por mais três dias do que o suposto e só termos três jogadores a tempo inteiro e quatro apenas para uma sessão por dia.

Já tinha saudades disto! :-)

Vou fazer (mais) uma encomenda na loja francesa Philibert.
Se alguém quiser algo, diga-me rapidamente, pois a encomenda será feita na quinta-feira.
Atenção que normalmente o prazo de entrega dos rapazes ronda as 2/3 semanas, por isso o mais provável é que só chegue no principio de Setembro
Os portes, a existirem (8 eur), serão divididos igualmente por todos, mas provavelmente nada se pagará (assim se atinjam os 150€ necessários)  

 

Links úteis para procurarem na loja:

To Play List actualizada - 2010

Já passaram 4 anos desde que publiquei neste blogue uma lista de RPGs a jogar antes de morrer e acho que está na altura de a revisitar.

Pois bem, muito pouco passou-se, infelizmente, mas ainda assim tive a oportunidade de experimentar grandes jogos como Primetime Adventures, Dogs In The Vineyard, Capes, Sorcerer, entre outros.

Recentemente consegui juntar um grupo de malucos para jogar todas as semanas muitos destes jogos e outros. Venho por isso re-editar a lista de jogos que quero mesmo jogar nos próximos tempo e serão a minha prioridade.

(sem qualquer critério de ordenação)

PL+4: Sangue, suor e glória

Dedico esta entrada no meu blogue a todos os GMs que tive de D&D até hoje, a todos os que hei-de ter, a todos os jogadores com quem joguei e com quem irei jogar (seja como GM ou parceiros de party), para que possam perceber o divertimento que tiro deste jogo (seja na edição 3.5 ou 4) e o que me faz jogá-lo.

Farside, primeiro rascunho

E pronto, aconteceu, comecei a dedicar-me a escrever um RPG.

Em 2006 eu e o JRMariano começamos a brincar com uma ideia chamada Farside. Entretanto, devido a indisponibilidades comuns (entenda-se preguiça). Nunca mais pegamos neste tema.

A ideia de Farside era pegar nas mecânicas de um jogo chamado
Don't Rest Your Head e adaptá-lo a um universo de fantasia, onde os jogadores interpretariam uns personagens chamados Zealots, protectores das tribos Vermillion.

Retiro RPG, Dezembro 2009

Na continuidade do que já tem feito em anos anteriores, o Sr. João Mendes organizou mais um “Retiro de RPG” (como tem vindo a ser chamado no nosso grupo de jogo), que consiste em dedicar uma semana para sair de Lisboa e jogar RPG. Aproveitando os feriados de Dezembro conseguimos fazer isto entre o dia 27 de Novembro e 8 de Dezembro.

Este ano foi um bocado mais confuso em termos de comparências, porque houve alguma flutuação de pessoal a entrar e a sair mas ainda assim conseguimos ter, na altura em que estávamos todos, 7 pessoas à volta da mesa.

Tivemos um óptimo ritmo de jogo, conseguindo fazer três sessões de jogo por dia, tirando uma ou outra ocasião onde só deu para fazer duas.

Grandes Momentos na História do RPG Para Mim - Nr. 6

Iniciei este post no Fórum de Actual Play, mas cada vez mais penso nele como algo que devia fazer parte do Blogue, uma vez que é mais uma partilha de um momento pessoal de jogo do que um Actual Play em si.

Enfim, já estou a dever este post a algum tempo, visto ter ocorrido durante esta semana.

Voltei da Semana dos RPGs

Como de costume, o Sr. JMendes organizou mais uma semana de RPGs que tenta ocorrer todos os anos por volta desta altura. A ideia é concentrar um punhado de pessoas num local semi-remoto, encher esse local com jogos de RP que nunca ninguém tenha jogado ou que tenha uma grande vontade de voltar a jogar e passar uma semana inteira a não fazer mais nada que não seja jogar, a ideia é descobrir novas coisas, por isso o que vai para a Semana do RPG fica na semana do RPG, ou seja, jogos que se jogavam regularmente não são para ser jogados lá e jogos que são começados lá não vão ser continuados depois (a não ser talvez na próxima edição da Semana).

E foi exactamente isso que ocorreu entre os passados dias 6 a 17 de Maio. Os participantes foram eu, o Sr.

Tentativa de utilizar Mapas-R para criar aventuras em D&D

No meu grupo de Dark Sun das segundas feiras (cujo espaço on-line irei criar no portal assim que puder) decidi experimentar um método para geração aleatória de aventuras com base em Mapas de relação.

O que pretendo com este método, é arranjar uma maneira de ser mais fácil para o GM criar aventuras cujo contexto envolva directamente o background dos PCs (tailored adventures). Para isso vou registar os vários passos que estou a seguir e os resultados a que cheguei durante os jogos em si.

Don't Rest You Head e Super-herois, primeiros passos para tentar criar algo (ou apenas mudar-lhe a côr)

O sistema de Don't Rest Your Head (DRYH) originou-me três reacções:
1 - Quando o estava a ler: Isto é muito fixe!
2 - Quando acabei de ler: Tenho que jogar isto!
3 - Quando joguei: Isto é tudo o que eu pensei que fosse, estou contente!

Embora o universo associado ao sistema seja genial, fiquei com a impressão que (para além do universo publicado) este sistema seria magnífico para um jogo de super-heroís.

Passo a (tentar) explicar (na minha opinião) a essência do sistema:
O jogo funciona na base da resolução de conflitos com d6, sendo que o GM pode trazer para o seu lado até 15 dados (dados de Pain), os jogadores também podem trazer até 15 dados mas de 3 fontes diferentes, 3 dados de Disciplines, 6 dados de Madness e 6 dados de Exaustion.