RPGénesis 2010 - Uma Semana a Escrever RPGs

Retrato de Rick Danger
2010-08-21 00:00
Local: 

Na vossa casinha, no emprego, na praia, em qualquer lugar...

 

- Sete Dias de Criação -

 

Bem vindos a um evento nunca antes experimentado, uma mistura de NaNoWriMo e 24 Hour RPG, em exclusivo para Portugal (e para aqueles sitíos giros onde se fala Português).

A ideia desde evento apareceu de uma ideia que dei ao Rick Danger para "limparmos" os nossos RPGs baseados em anime e os levarmos para vender tipo fanzine no Evento do Japão em Outubro. Como somos ambos preguiçosos, sugeri uma escrita a despique, contra-relógio. Ao princípio pensamos fazer 24-hours RPG (que pode ser feito por todos), mas isso ia apresentar um trabalho mal feito, e possívelmente não digno de ser chamado "jogo". E queríamos que outras pessoas se juntassem a nós, e perder um dia inteiro só para ficar em casa a escrever pareceu-me algo que poucos pudessem.

Por isso, aqui está o RPGénesis 2010! 7 dias, 5.000 palavras e 1 RPG completo.

O objectivo é que no fim desta semana cada participante tenha escrito um "mini"-RPG original, pronto a jogar, sem ser preciso o autor estar lá presente para explicar as coisas.

Juntem-se a nós, na última semana de Agosto para este evento totalmente louco! E não importa se já escreveram um RPG ou não! Experimentem! Não custa nada.

 

REGRAS:

- O evento vai começar à meia noite do dia 21 de Agosto, Sábado, e acabar à meia noite do dia 28 de Agosto, também Sábado.

- O objectivo é escrever um RPG original completo (ie. que seja jogável), com um mínimo de 5000 (cinco mil) palavras.

- O texto de cada RPG tem que ser totalmente original. No entanto, não precisa de ser uma ideia nova. Apenas não podem usar material que já tenham pré-escrito. Copy-paste, traduções, transcrições não valem! No entanto, podem perfeitamente, antes do evento começar, tirar notas, fazer apontamentos, desenhar lay-outs etc. Desde que não tenham nada escrito para copiar ipsis verbis durante a competição.

- O texto de cada RPG precisa de ser minimamente legível e jogável, mas não precisa de estar pronto. Será suficiente que seja um protótipo pronto a ser testado sem a presença do autor.

- Arte é opcional mas tem que ser ou a) Original ou b) Livre de Copyright.

- O sistema de regras pode ser original ou pré-existente, desde que o sistema base esteja acessível ao publico gratuitamente (ie Open Game License, etc.)

- O jogo tem que ser escrito em português, mas podem escrever em Português do Brasil, Português dos Açores, ou Português Macarrónico. Podem participar pessoas de qualquer parte do mundo (Sim, senhores Brasileiros, estou a olhar para vocês).

- Cada participante mantem todos e quaisquer direitos sobre o seu material.

- Tema: livre. Há um tema opcional de cultura japonesa, sobretudo se se quiserem juntar a nós no evento de Outubro.

 

CONDIÇÕES DE VITÓRIA:

- Vitória parcial - os participantes alcançam 5.000 palavras. Como prémio têm "bragging rights", e os icons e diplomas exclusivos.

- Vitória total - os participantes alcançam 5.000 palavras E conseguem apresentar um jogo minimamente completo. Como prémio, recebem tudo acima, E o "Livro do Génesis" (uma colectânea em PDF de todos os jogos participantes  -- desde que os autores permitam ter o seu material incluído).

- As condições de vitória (contagem das palavras e jogabilidade mínima do texto) serão verificadas por um júri constituído por três pessoas: o Rick Danger, a Lady Entropy e o Aramoro.

 

Estamos abertos a sugestões, ideias e pedidos de clarificação! O contacto de e-mail é o rpg3nesis arroba gmail.com

 

Juntem-se a nós, vai ser divertido!

 

 

LINKS ÚTEIS

Lista de RPGs de graça (não Open Game License)

Lista de jogos sob Open Gaming License

Ferramenta para contagem de Palavras (se bem que têm essa opção no Word)

Um podcast muito interessante sobre o design de RPGs.

 

PARTICIPEM!
Têem aqui uma userbar que podem colocar na vossa signature para anunciarem ao mundo o vosso poder divino de criação Happy(linkem-na para este evento):

Podem já começar a colocar conteúdos no abreojogo sobre as vossas ideias. Para estes serem mais fáceis de encontrar, escrevam [RPGénesis] no início do título e RPGénesis está já criado como tag na categoria dos RPGs, por isso usem-na e assim todos os conteúdos relacionados aparecem neste feed RSS.

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Ideia gira :)

Ok tenho umas questões:
- Posso já começar a pensar num jogo mas não a escrevê-lo é isso? (isto vai fazer maravilhas ao Farside...)
- É requerido uma definição muito específica do setting, ou pode ser apenas umas notas, ou pode não ter um de todo?
- Já existe alguns critérios definidos para o que seria considerado "o melhor jogo" e se sim irão ser apresentados ao público?
- Suponho que os membros do júri sejam pessoas que não participam no concurso, mas são pessoas que já tiveram contacto com RPGs ou nem por isso?
- O jogo deve ter em consideração se é para pessoas que já conheçam RPGs ou nem por isso? (eu sei, é parecido com a pergunta de cima)
- Para além das 5.000 palavras e entrega em pdf existe mais alguma limitação em termos de apresentação? (tamanhos de letra, espaçamento das margens, coisas que tais)

Por enquanto é tudo.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

primeiro faq :)

RedPissLegion escreveu:

- Posso já começar a pensar num jogo mas não a escrevê-lo é isso? (isto vai fazer maravilhas ao Farside...)

Isso. Contamos contigo!

Citação:

- É requerido uma definição muito específica do setting, ou pode ser apenas umas notas, ou pode não ter um de todo?

A condição é mesmo ser "minimamente jogável" unicamente a partir do texto. Se isso for possível de se fazer sem um setting propriamente dito, força.

Citação:

- Já existe alguns critérios definidos para o que seria considerado "o melhor jogo" e se sim irão ser apresentados ao público?

À semelhança do já referido NaNoWriMo, não existe "o melhor jogo". Ganham todos os que conseguirem cumprir as condições de vitória. O que interessa é participar e escrever, escrever, escrever.

Citação:

- Suponho que os membros do júri sejam pessoas que não participam no concurso, mas são pessoas que já tiveram contacto com RPGs ou nem por isso?

Os membros do júri também podem participar e serão pessoas que já conhecem bem os RPGs. A função do juri é muito simples: contar as cinco mil palavras e validar se o texto tenta ser algo que se possa chamar de um RPG (e não, por exemplo, a palavra "banana" escrita cinco mil vezes). Existirão três membros justamente para que todos eles possam participar (cada um submete o seu texto a um dos outros dois). 

Citação:

- O jogo deve ter em consideração se é para pessoas que já conheçam RPGs ou nem por isso? (eu sei, é parecido com a pergunta de cima)

Não, é tema livre, propósito livre, setting livre, tudo livre, desde que possa ser considerado um RPG.

Citação:

- Para além das 5.000 palavras e entrega em pdf existe mais alguma limitação em termos de apresentação? (tamanhos de letra, espaçamento das margens, coisas que tais)

Nem sequer tem de ser entregue em .pdf, basta num simples formato .txt, num .doc, .rtf, etc. desde que o juri o consiga ler, seleccionar e fazer copy-paste para depois põr tudo no "Livro do Génesis 2010".

Citação:

Por enquanto é tudo.

Vai-te preparando  Happy

 

RickDanger escreveu:

RickDanger escreveu:

Não, é tema livre, propósito livre, setting livre, tudo livre, desde que possa ser considerado um RPG.

Ok, vou confiar que isto não ser alvo de grandes confusões :p

Já agora, para efeitos de picuinhisse, as 5.000 são texto de regras+setting ou também contam com capa, agradecimentos, créditos, etc.?

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

banana banana banana banana banana banana

A validação do texto só é necessária para evitar que alguém, por exemplo, entregue um trabalho com o seu nome escrito cinco mil vezes e receba em troca um livro de RPGs. Basta que o texto evidencie um esforço da parte do autor para escrever aquilo que ele considera ser um RPG que possa ser jogado por outras pessoas para ser considerado válido.

RedPissLegion escreveu:

Já agora, para efeitos de picuinhisse, as 5.000 são texto de regras+setting ou também contam com capa, agradecimentos, créditos, etc.?

Conta tudo para as cinco mil.

 

just a setting

Então e podemos pensar antes num setting para um sistema de regras já existente? Ou fica logo à partida posto de parte...?

Já agora, que evento é esse o de Outubro...?

____________________________________________

Just when you think you've learned the rules, someone revises them.

Sim, mas como referimos

Sim, mas como referimos acima, esse sistema tem que estar disponível de graça permitindo a qualquer pessoa que o queira jogar lhe possa aceder rápidamente. Confesso que não sei que "sistemas" generalistas existem com uma "Open Gaming License". Recomendo que se fores utilizar o sistema de um outro autor que não seja "open gaming" mas esteja disponível de borla, contactes o autor e peças licença para o fazer.

 

Tens neste link uma boa selecção de RPGs de graça, e neste link, um conjunto de jogos sob Open Gaming License.

 

___________________________________________

___________________________________________

http://www.abreojogo.com/files/rpgenia.jpg

Eu Escrevi Um RPG Numa Semana!

podes sim

jackjaques escreveu:

Então e podemos pensar antes num setting para um sistema de regras já existente?

Como disse a Lady Entropy, podes criar um mundo inteiramente jogável para um sistema de regras já existente se este estiver disponível gratuitamente e for livre de usar como, por exemplo, Wushu Open. Aí o teu texto tem de incluir todos os links necessários para o leitor poder descarregar as regras da net (e não pode incluir um copy-paste ou tradução das regras já existentes).

Citação:

Já agora, que evento é esse o de Outubro...?

É o Japan Weekend já anunciado para dia 23 e 24 de Outubro.

 

Umm, umm

Estou aqui a pensar numa ideia para um universo de jogo que até podia deixar para esta iniciativa. No entanto, estou com uma agenda muito sobrecarregada. Vou pôr um lembrete no tm e na altura, se tiver tempo, participo.

Sérgio Mascarenhas

Sérgio

jogo de aventuras

Dependendo do quão avançado estiveres no texto para o Alix, porque não escrevê-lo durante estes sete dias do RPGénesis? Usas o material que já tens feito como base e voltas a fazer o texto com aquela vontade de começá-lo e acabá-lo numa só semana.

 

Isso não derrotaria o que

Isso não derrotaria o que está escrito aqui:

"Apenas não podem usar material que já tenham pré-escrito. Copy-paste, traduções, transcrições não valem!"

Segundo percebo, o Sérgio tem o jogo dele escrito por vários posts neste site.

--~~--

Em breve coisinhas novas!

Líder inconsciente do ultra-secreto grupo anti-D&D (mas só na edição 5.3)

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

Desde que a transcrição

Desde que a transcrição não seja Ipsis verbis.... (e, por exemplo, reescrever) seria perfeitamente aceitável.

___________________________________________

___________________________________________

http://www.abreojogo.com/files/rpgenia.jpg

Eu Escrevi Um RPG Numa Semana!

once more with feeling

Rui escreveu:

Isso não derrotaria o que está escrito aqui

Não, Rui, de facto podes voltar a pegar num dos teus projectos e escrevê-lo todo do início com um novo texto original. No teu caso, até é mais fácil evitares repetir-te, pois agora escreves em Português.

 

Não, não, o Alix é para

Não, não, o Alix é para outro contexto. Tem estado parado porque há uma imensidão de coisas que passaram à frente este mês, daquelas que me pagam as contas e daquelas que me gastam as contas.

Previro ver RPGénesis tal como ele é descrito: para se pôr cá fora um projecto novo naquela semana. Veio-me uma ideia à mente e vou ver se a consigo cuspir cá para a fora. A vantagem é que não vou pensar mais no assunto até lá. Acho que mais vale deixar o PRGénesis para um verdadeiro exercício de brainstorming, não o confundindo com projectos de maior fôlego.

Sérgio Mascarenhas

Sérgio

Eu gostava de escrever um

Eu gostava de escrever um RPG, mas não sei como é que isso se faz :(

E ainda para mais de uma temática que eu gosto bastante...

 

 

www.clubotaku.org | www.drkartoon.com

fazendo

T3tsuo escreveu:

Eu gostava de escrever um RPG, mas não sei como é que isso se faz :(

Tudo começa na experiência que tens como mestre-jogo, jogador ou leitor de RPGs. Como é que aprendeste a fazer este jogo, por exemplo?

Citação:

E ainda para mais de uma temática que eu gosto bastante...

Sim, podes sempre pegar nas regras que já existem do tal Wushu Open que já referi e criares o teu jogo baseado nelas.

 

começa a contagem decrescente

Entretanto, o tópico já foi actualizado com:

  • os três membros do júri
  • o contacto de e-mail para este evento
  • links úteis
  • uma banner para os participantes usarem na sig
  • informação sobre como manter todo o conteúdo sobre este evento interligado

Como forma de contactar-nos, também é possível clicar aqui e usar o formulário de contacto do abreojogo.

No outro dia fiquei com

No outro dia fiquei com ideia de fazer algo sobre as histórias de fadas, as coisas de La Fontaine, Andersen, Grimm, Esopo, essas coisas, mas as únicas ideias que tenho prendem-se (é a palavra) com fazer um story-game, com cada jogador a contribuir para uma narrativa que o GM (a haver) iniciaria. Julgo que não seria exactamente o que procuram, mas como é só uma ideia, pensei partilhá-la.

--~~--

Em breve coisinhas novas!

Líder inconsciente do ultra-secreto grupo anti-D&D (mas só na edição 5.3)

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

tu é que sabes

Rui escreveu:

mas as únicas ideias que tenho prendem-se (é a palavra) com fazer um story-game, com cada jogador a contribuir para uma narrativa que o GM (a haver) iniciaria

Quando dizes "story-game" é uma coisa mais tipo Dixit, Once Upon a Time ou Lobisomens da Aldeia Velha? Não poderá ser uma coisa mais estilo Baron Munchausen, Polaris ou Serial Homicide Unit?

Já comentaste duas vezes e ainda não disseste se participas Wink anda lá.

Ainda não sei muito bem;

Ainda não sei muito bem; não conheço todos os jogos que falas (só o Dixit e o Baron Munchausen), mas gostava que fosse uma coisa que toda a gente pudesse usar; a minha namorada, a Ângela, não gosta de rpg, mas gostou de jogar o In Extremis, e era fixe agarrar algo nesse género, algo que desse para contar uma história de fadas, onde o GM tivesse pouca participação/fosse fonte de conflito, e os jogadores pudessem interferir na história uns dos outros.

Estou a pensar participar, claro, mas preciso resolver as minhas dúvidas primeiro. :-)

--~~--

Em breve coisinhas novas!

Líder inconsciente do ultra-secreto grupo anti-D&D (mas só na edição 5.3)

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

Rick Danger escreveu:

Rick Danger escreveu:

Quando dizes "story-game" é uma coisa mais tipo Dixit, Once Upon a Time ou Lobisomens da Aldeia Velha?

 

Em defesa dos boardgames e party games, o Once Upon a Time é um "story-game" sim (tal como o Tales of Arabian Nights - um dos meus preferidos). Os Lobisobems pode ser talvez considerado um "roleplaying" game no sentindo em que o pessoal interpreta o papel de um personagem, mas não é nem um RPG a sério nem é um "storygame".

E finalmente o Dixit não tem mesmo nada a haver com "story-games" ou RPGs! Tongue out (só mesmo ilustrações)

~Nuno Carreira / Strilar (* Boardgamer * Roleplaygamer * Cardgamer * Onlinegamer * Geek * L5R GM *)

a prioridade é participar

Strilar escreveu:

Os Lobisobems pode ser talvez considerado um "roleplaying" game no sentindo em que o pessoal interpreta o papel de um personagem, mas não é nem um RPG a sério nem é um "storygame".

Conforme referiu o Red, o evento poderá eventualmente ser usado como um pretexto para se recuperar a discussão sobre o que é um RPG, mas esta questão é indiferente do ponto de vista do RPGénesis e do seu júri, pois qualquer jogo que razoavelmente possa ser considerado um RPG pelo seu autor é dado como válido para uma vitória total. O importante é evitar situações de pessoas que não participem porque se calhar não têem a certeza se o seu jogo será validado pelo júri. Contactem-nos se quiserem para esclarecer qualquer questão mais concreta, mas saibam à partida que está estabelecida uma razoável margem de manobra para vocês fazerem o que quiserem.

 

há inscrição?

Mas é preciso inscrevermo-nos de antemão...?

let's get excited in here

jackjaques escreveu:

Mas é preciso inscrevermo-nos de antemão...?

Não, mas gostava de saber se vais participar. E do Strilar, já agora. Quantos mais melhor.

 

Eu também

Eu sei que a mim não me perguntas-te nada mas eu também vou participar!

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

nem foi preciso

RedPissLegion escreveu:

Eu sei que a mim não me perguntas-te nada mas eu também vou participar!

Quando disseste "isto vai fazer maravilhas ao Farside", fiquei convencido que entravas. Ias fazer aquelas perguntas todas se não estivesses interessado? Laughing

Contamos contigo. E com o Sérgio, já agora, mais o T3tsuo.

 

Por maravilhas entenda-se,

Por maravilhas entenda-se, vai atrasar (ainda mais) a minha tentativa de o ter pronto para o LisboaCon 2010 :p

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

participar ou não participar, that is the quest

Conto participar, sim.   =)

Talvez com um projecto que há muito se encontra a forrar uma das minhas gavetas à espera de ver a luz do dia... Vamos ver no que dá!

Ainda não é nada de muito concreto — mas o mais certo é sair em formato de setting para d20 Modern ou algo parecido...

Out

Rick Danger escreveu:

Não, mas gostava de saber se vais participar. E do Strilar, já agora. Quantos mais melhor.

Sorry se dei a ideia errada, já me é complicado começar um RPG de L5R por aqui, mais complicado seria escrever um "novo" RPG.Undecided

I'm out, não contem comigo. Ashamed Boa sorte para os participantes e acima de tudo divirtam-se a fazê-lo!

~Nuno Carreira / Strilar (* Boardgamer * Roleplaygamer * Cardgamer * Onlinegamer * Geek * L5R GM *)

Boa, boa!

Contem comigo para o que der e vier.

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Já estava a contar contigo

Já estava a contar contigo como revisor gramatical hehe.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"

Também vou participar e

Também vou participar e escrever pela primeira vez um RPG, vamos lá ver como sai:p

Ok, malta, decidi-me e vou

Ok, malta, decidi-me e vou entrar.

Vou basear o meu rpg não nos contos de fadas, mas no conto de João Barreiros publicado em A Sombra Sobre Lisboa; deixo aqui a sinopse para terem um cheirinho:

Citação:

A Lisboa futura atomizou-se sobre as ogivas atómicas de uma NATO que tentou travar a abertura do portal que traria ao nosso mundo as legiões de loucura dos seguidores dos deuses antigos, prontos a reestabelecer o seu domínio sobre o planeta. Um encantamento destas entidades mergulha Lisboa numa singularidade em que o momento da explosão se repete ininterruptamente. O ciclo sem fim é interrompido quando as obsessões de Carlos, um caçador de artefactos que mergulha na singularidade lisboeta para resgatar artefactos do passado, são exploradas pelos seres que estão para além do tempo.

Retirado daqui: http://intergalacticrobot.blogspot.com/2006/12/sombra-sobre-lisboa.html

Como é óbvio, os jogadores serão todos parte de uma equipa de contrabandistas temporais, que vão à singularidade buscar objectos do passado para vender às gentes da Lisboa do futuro pós-atómico; cada personagem tem uma obsessão no passado, que a leva a voltar e a fazer coisas cada vez mais arriscadas, há uma mecânica para cronometrar o que se faz na singularidade (onde o tempo corre muito devagar, um minuto dos nossos equivale a uma hora lá, pelo que se consegue ver o cogumelo formar-se e as pessoas a carbonizarem agonizantemente), e há o horror lovecraftiano.

Tenho tudo na cabeça, é só pensar em como o fazer em 5000 palavras. :-)

--~~--

Em breve coisinhas novas!

Líder inconsciente do ultra-secreto grupo anti-D&D (mas só na edição 5.3)

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

5000 palavras OU

5000 palavras OU MAIS.

 

5000 é o mínimo. Podes escrever mais!

___________________________________________

"Sete Dias de Criação" - Uma Seman

___________________________________________

http://www.abreojogo.com/files/rpgenia.jpg

Eu Escrevi Um RPG Numa Semana!

setting creation

Parabéns a todos os que assumem já a sua participação Happy Não se esqueçam de põr o banner na vossa signature.

Entretanto, o podcast que eu apontei como link útil foi actualizado com uma entrevista que vem mesmo a calhar, já que o Kenneth Hite acaba de ganhar um ENnie para o melhor setting de 2010 e neste podcast ele conversa justamente sobre como criar um mundo interessante para se jogar.

 

A questão

Tem mesmo de ser um rpg? Não pode ser só um universo de jogo? O que me está a dar geito neste momento é pôr no papel um universo de jogo.

Sistemas de jogo, estou a trabalhá-los para outros contextos e com outro folgo. Por outro lado, preciso de um universo simples de demonstração. É que descobri um grupo de pessoal mesmo ao pé de casa para jogar jogos de tabuleiro, a começar depois das férias; e cedo ou tarde quero levá-los para o rpg; para isso preciso de um universo (o sistema é meu mas não é para o RPGéneris 2010); tenho umas ideias para pôr no papel e o concurso vinha mesmo a geito.

Posso sempre criar o universo e acrescentar uma página com um sistema farçola ou com umas notas de aplicação de dois ou três sistemas abertos, mas preferia não ter de o fazer.

Quid juris?

Sérgio Mascarenhas

Sérgio

ask not what your country can do for you...

smascrns escreveu:

Posso sempre criar o universo e acrescentar uma página com um sistema farçola ou com umas notas de aplicação de dois ou três sistemas abertos, mas preferia não ter de o fazer.

Quid juris?

O objectivo deste evento é promover a produção nacional de RPGs em língua portuguesa. Será óptimo que, por ocasião do RPGénesis, vários jogos sejam escritos, mas ainda é melhor se forem lidos por várias pessoas e até jogados. Para isso poder acontecer, têem de ser RPGs completos - mesmo que se tenha de juntar um ambiente original a um sistema aberto e gratuito que esteja disponível na internet. Esta possibilidade é já uma cedência perante o objectivo do evento - na medida em que deixa de ser um RPG feito inteiramente em português - mas é um compromisso que se assume ser necessário para facilitar o trabalho aos participantes. Há que encontrar um equilíbrio entre aquilo que é mais conveniente para cada participante e o contributo que este evento deve dar para a comunidade, não podemos estar só virados para nós próprios.

Claro que nada te impede de te juntares ao evento, escreveres o que bem entenderes e atingires uma vitória parcial com todo o mérito de teres escrito 5000 palavras. Para a vitória total, não só as condições estão já determinadas, como têem sido discutidas aqui no sentido de se criarem RPGs relativamente completos.

 

to-do list

Começamos este Sábado, por isso não se esqueçam de ir reunindo as vossas ideias soltas e mapeando os vossos capitúlos. Não deixem a parte de planeamento para ser feita durante a próxima semana, antecipem-se e façam-na agora para depois ser só escrever, escrever, escrever. Também sugiro que façam o mesmo ao vosso espírito crítico: usem-no agora antes de começar e depois desliguem-no durante uma semana, a altura para se auto-criticarem e reverem o vosso trabalho vem depois, não durante os sete dias de pura criação instintiva.

Entretanto, pode ser giro combinarmos um encontro durante a próxima semana para estarmos juntos a escrever e a motivarmos-nos mutuamente. Eu e a Lady Entropy devemos ir numa tarde para o Guarani aqui no Porto, por isso vejam se também querem combinar qualquer coisa em Lisboa ou em Coimbra ou em qualquer cidade onde RPGénios se possam encontrar Smile

 

de hoje até sábado

Começou! São pouco mais de setecentas palavras por dia até à meia-noite do próximo Sábado. Boa sorte a todos os RPGénios! HappyAproveitem este fim-de-semana para ganhar lanço.

será que DdA terá que ficar para outra altura?

Algo me diz que com pouco mais de 1900 palavras até à data não me vou safar a tempo...

Ainda por cima isto calhou numa semana em que estou cheio de trabalho!

Aaai, horário das 9 às 5, onde é que andas...!?

____________________________________________

Just when you think you've learned the rules, someone revises them.

Coragem! Estás quase a

Coragem! Estás quase a meio! Força! Acreditamos em ti!

Leva um bloco de notas para o trabalho para escrevinhar nas horas mortas, como na retrete, a comer, no transito....etc :D

___________________________________________

RPGénesis 2010: "Sete Dias de Criação" - Uma Semana a Escrever RPGs

___________________________________________

http://www.abreojogo.com/files/rpgenia.jpg

Eu Escrevi Um RPG Numa Semana!

Eu ando a trabalhar das 09h

Eu ando a trabalhar das 09h às 19h, o que tento fazer para aproveitar o tempo é chegar mais cedo (como podem ver pela hora deste post) e almoçar em 10min para aproveitar os outros 50min para escrever.

Não desistas, no mínimo atira-te para a vitória parcial :)

sem dúvida

RedPissLegion escreveu:

Não desistas, no mínimo atira-te para a vitória parcial :)

Exactamente! Na pior das hipóteses, fazes uma maratona de Sexta para Sábado e consegues escrever as cinco mil.

 

Yep

Eu deixei para o dia todo de Sábado o dia do horror, também conhecido como "Revisão final" *som de relâmpagos*.

Eu admito...

Não sei se já repararam mas eu não estou efectivamente a participar na escrita do RPG portanto se precisarem de ajuda na revisão digam qualquer coisa. Mesmo que seja depois do concurso acabado. :)

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Domingo é dia de descanso divino

Relembro a todos os participantes que hoje é o último dia de criação, terminando o RPGénesis à meia-noite. Logo que possam, enviem os vossos trabalhos para o endereço rpg3nesis arroba gmail.com para serem atribuidas as vitórias parciais e totais.

Oh raios

Ai ele é hoje? Contava pôr tudo bem alinhavadinho com capa e tudo amanhã; sendo assim vou ter que passar o dia no trabalho a escrever, acham bem?, e depois passar o jogo do GLORIOSO a editar tudo, portanto vai ficar uma bela borrada. O que vale é que vou conseguir a vitória total. :-)

--~~--

Em breve coisinhas novas!

Líder inconsciente do ultra-secreto grupo anti-D&D (mas só na edição 5.3)

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

é o que diz na lata

Rui escreveu:

Ai ele é hoje?

É, pois Tongue out Cá estou eu a caminho das dez mil e com um jogo quase feito, mas não pronto. Não digo que seja um "big game" como a Lady Entropy gosta de lhes chamar, mas tem mais potencial para crunch do que um My Life With Master, por exemplo.

 

Já está!

Ligeiramente mais que 5000 palavras, falta a folha de personagem; gostava de ter posto uma capa e arte, mas não se pode ter tudo.

Logo que possa, envio a coisa para apreciação.

--~~--

Em breve coisinhas novas!

Líder inconsciente do ultra-secreto grupo anti-D&D (mas só na edição 5.3)

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

Raios Raios Raios

Atrasei-me a fazer a folha de perso!

Enviei tudo, mas parece-me que 5 minutos fora do prazo!

Juízes, aceitam?

--~~--

Em breve coisinhas novas!

Líder inconsciente do ultra-secreto grupo anti-D&D (mas só na edição 5.3)

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

na boa

Rui escreveu:

Juízes, aceitam?

Já ontem de manhã eu falei com a Lady Entropy sobre isso porque ela colocou no seu blogue que os trabalhos teriam de ser enviados até à meia-noite, mas isso não está expresso nas regras apresentadas para o evento (nem no comentário que eu fiz no Sábado), por isso é claro que ainda foste a tempo Rui. Estou agora a fazer download dos trabalhos e, assim à primeira vista, parece-me que o evento correu muito bem. Obrigado desde já a todos os participantes.

 

A Lady Pica O Ponto...

.... com uma Victória Total, e cerca de... oh, 10.000 Palavras.

Ainda vou fazer uma limpesinha à HORTOGRAFIA, e ver se acabo a capinha antes da meia noite.

Não consegui fazer Apêndice e metade dos exemplos ficaram por fazer, mas carago, que aquilo dá para jogar!

___________________________________________

RPGénesis 2010: "Sete Dias de Criação" - Uma Semana a Escrever RPGs

___________________________________________

http://www.abreojogo.com/files/rpgenia.jpg

Eu Escrevi Um RPG Numa Semana!

chegou a vez do júri

Obrigado a todos os participantes. As contagens dos textos já foram feitas e cada participante já recebeu resposta ao e-mail que enviou com o seu texto. As vitórias parciais já se encontram validadas e agora o júri vai ler cada texto para atribuir as vitórias totais.
Desde já, uma salva de palmas aos nossos bravos participantes HappyHappyHappy

Eu n recebi a

Eu n recebi a resposta.

Talvez porque tive que mandar o meu pelo mail do Rick!

___________________________________________

RPGénesis 2010: "Sete Dias de Criação" - Uma Semana a Escrever RPGs

___________________________________________

http://www.abreojogo.com/files/rpgenia.jpg

Eu Escrevi Um RPG Numa Semana!

Boa!

Parabéns a todos e que venham daí os resultados finais. Em jeito de breve apresentação e tal?

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Então?

Nada de resultados? :|

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim

sopadorpg.wordpress.com - Um roleplayer entre Setúbal e Almeirim
Ludonautas Podcast - Viajando, sem nos movermos, pelos mundos do RPG

Eu vou traduzir o meu prá

Eu vou traduzir o meu prá lingua de Português de Shakespear, e pô-lo na net com arte bonitinha. :-)

--~~--

Em breve coisinhas novas!

Líder inconsciente do ultra-secreto grupo anti-D&D (mas só na edição 5.3)

A escrever: down*town, tech-noir rpg
Proto Agonístes um rpg de auto-descoberta, de um personagem e vários jogador

Por incrivel que pareça,

Por incrivel que pareça, ainda n me livrei do raio do jogo.... agora bute escrever a Editor's Edition para o Invicta Con.

___________________________________________

RPGénesis 2010: "Sete Dias de Criação" - Uma Semana a Escrever RPGs

___________________________________________

http://www.abreojogo.com/files/rpgenia.jpg

Eu Escrevi Um RPG Numa Semana!

lidos e validados

Os vencedores já estão anunciados aqui Thumbs Up