Numis

Retrato de jrmariano

O Numis é um jogo de Narração que acompanhará passo a passo o desenvolvimento de um outro meu projecto, O Monte. Contudo este jogo tem diferenças substanciais relativamente ao outro por três pontos fundamentais: a ausência de Narrador, o uso exclusivo de moedas e a inpiração da estrutura do ritual como motor do decurso do jogo e estrutura do livro de jogo. Outra diferença substancial é a de que não será genérico mas será construído tendo em vista uma experiência específica de jogo e uma imersão num universo em parte pré-determinado.

Há um tempo fiz uma lista de dez mandamentos a serem cumpridos por mim ao escrever os jogos. O tempo passou, o jogo ainda não está escrito mas apresento-vos aqui em primeira mão, os Treze Mandamentos do Numis:

1. O jogo destina-se a um público adolescente e que nunca tenha jogado RPG;

2. O documento será escrito em Português e evocará, a título de exemplo, experiências e vivências tipicamente Portuguesas sem qualquer intenção de sátira ou caricaturização;

3. O universo do jogo será fantástico mas moderno, passando-se a acção das histórias em que os jogadores participam num Portugal reconhecível mas não definitivo;

4. O ambiente evocará fábulas, lendas e mitos Portugueses actualizados para uma sensibilidade moderna;

5. O elo de ligação entre os jogadores e esse mundo fantástico são moedas mágicas que os transportam para uma possível realidade alternativa criada pela suas capacidades de imaginação;

6. O próprio objecto do Livro de Jogo é o meio da entrada dos jogadores no espaço da imaginação partilhado pois é um relato na 1ª pessoa de como estes poderão usar as moedas para realizarem um “ritual” que os leve a visitar essa realidade fantástica;

7. O livro de jogo será escrito na forma de um diário pertencente a um estudioso da história peculiar das moedas. Este irá a deixar aos jogadores, a título de herança, uma pilha de moedas mágicas.

8. Esse ritual seria um pacto “místico” efectudo entre os seus praticantes através do qual estes chegariam a acordo quais os preceitos e o alcance deste;

9. Parte deste acto mágico será inscrever num papel ritualmente decorado as palavras que melhor descreveriam a identidade dos seus praticantes e os títulos (ou a reputação) pelos quais estes gostariam de ficar conhecidos no mundo imaginado;

10. A “fisícalidade” do próprio jogo seria alcançada por um sistema de negociação dos detalhes da premissa “criacional” do mundo a ser visitado, sistema este baseado em moedas e na acção das próprias moedas mágicas;

11. Não haverá portanto nenhuma figura autoritária reponsável pela organização e admnistração dos ritos próprios do ritual ou seja um moderador do uso das regras e dos códigos de conduta do jogo e nem lhe cabe supervisão geral da estrutura da história e e a promoção de um decurso normal do jogo. Estas funções serão partilhadas igualmente pelos jogadores.

12. O livro de jogo, o decurso do jogo e o próprio ritual mágico será dividido em sete partes inerentes a qualquer cerimónia ritual: Recepção, Encontro. Viagem Interior, Trabalho, Retorno, Celebração e Libertação.

13. Eu vou ser processado por todas as Associações de Pais do País e receber ameaças de morte de progenitores demasiado ignorantes e protectores de seus filhos.

Qualquer pessoa que estiver interessada pode comentar o pouco que escrevi tendo a vista a sua melhoria e progresso.

Pretendo um dia fazer de este jogo um produto interessante e apelativo por isso considero a sua publicação como eventual.

Agradeço desde já a todos os colaboradores deste site que em muito me ajudaram a retomar este projecto,

João Mariano

Numis © João Mariano

Opções de visualização dos comentários

Seleccione a sua forma preferida de visualização de comentários e clique "Gravar configuração" para activar as suas alterações.

Raios, só agora é q vi

Raios, só agora é q vi isto, devias ter posto a aparece na página inicial.

Assim bué de repente curti bué a ideia, gostava era que desenvolvesses um bocado o ponto 12, que parece ser o centro de como a acção se desenrola no jogo. Qt ao ponto 13 n te preocupes, estarei a teu lado quando gritares "LIBERDAAAAAAAAADEEEEEEEEE criativa a todos os de imaginação hiper-activa" hehe.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"